Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente do PSOL vê como ‘inevitável’ voto útil em Boulos

Cassia Miranda

Exclusivo para assinantes

O presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, aposta no pragmatismo dos eleitores progressistas para confirmar a ida de Guilherme Boulos ao segundo turno das eleições em São Paulo. Em entrevista ao vivo ao BRPolítico, neste domingo, 15, ele disse acreditar no voto útil de parte do eleitorado paulistano para garantir ao líder do MTST  uma ida “segura” ao segundo turno.

O presidente do PSOL, Juliano Medeiros Foto: PSOL

“Acho que é inevitável que uma parte dos eleitores mais identificados com o PT e PCdoB, portanto, com o Jilmar Tatto e com o Orlando (Silva) e mesmo os eleitores da Marina Helou, mesmo do Márcio França, que tem eleitores progressistas – embora ele próprio se coloque como de centro, centro-direita -, mas há muitos eleitores progressistas que estão esperando até o último momento, até as últimas pesquisas”, declarou.

Apoio no segundo turno

Se Boulos alcançar o feito e for ao segundo turno, Medeiros afirma que vai iniciar ainda hoje a busca por apoio de partidos do campo progressista. “Nós vamos trabalhar, a partir do primeiro minuto depois que sair o resultado, em conversar com os demais partidos progressistas”, disse.

“Todos os apoios que vierem do campo progressistas, aderindo ao programa de mudanças que nós temos para a cidade de São Paulo serão muito bem vindos”, completou.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

PsolJuliano MedeirosGuilherme Boulos