Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente especula sobre prisão de jornalista

Vera Magalhães

Jair Bolsonaro segue com a metralhadora de declarações engatilhada neste sábado. Depois de defender o uso de helicópteros da FAB por seus parentes, o presidente afirmou que o jornalista norte-americano Glenn Grenwald, do The Intercept Brasiltalvez pegue uma cana aqui no Brasil”. Ele ainda chamou o jornalista de “malandro” por ter se casado com o deputado federal Davi Miranda (PSOL-RJ) e adotado crianças brasileiras.

O presidente deu as declarações ao comentar a portaria 666, editada pelo Ministério da Justiça, sobre possibilidade de deportação de estrangeiros, e dizer que ela não se aplica a Greenwald. “Ele [Glenn] não se encaixa na portaria. Até porque ele é casado com outro homem e tem meninos adotados no Brasil. Malandro, malandro, para evitar um problema desse, casa com outro malandro e adota criança no Brasil. Esse é o problema que nós temos. Ele não vai embora, pode ficar tranquilo. Talvez pegue uma cana aqui no Brasil, não vai pegar lá fora não”, afirmou, no Rio de Janeiro.