Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente exalta ‘relação’ com governadores ao inaugurar obra de R$ 6 bi

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Diante do investimento de R$ 6 bilhões para a construção do Complexo Termoelétrico Porto de Sergipe I dos acionistas da EBRASIL e da Golar Power, uma das principais empresas de logística de gás natural liquefeito no mundo, o presidente Jair Bolsonaro citou o relacionamento do governo federal com os governadores como forma de atrair investimentos privados para o País, durante a inauguração da maior usina termoelétrica a gás natural da América Latina, em Barra dos Coqueiros, município da Região Metropolitana de Aracaju (SE).

O presidente Jair Bolsonaro na inauguração da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe I, em Barra dos Coqueiros (SE) Foto: Divulgação Planalto

“E o nosso entendimento, o meu, do presidente da Câmara, do Senado e senhores parlamentares, o nosso relacionamento com os governadores é o que nos traz mais do que esperança, a certeza de que todo nosso potencial pode vir a ser explorado para o bem do nosso povo maravilhoso que é o povo brasileiro”.

A maior parte do breve discurso do presidente foi de referências a investidores de fora, após fazer uma comparação entre Sergipe e Israel, mas sem deixar de incluir, ainda que superficialmente, a “briga” entre setores do governo por mais gastos públicos diante dos alertas a favor da rigidez fiscal já dados pelo ministro Paulo Guedes (Economia).

“É um exemplo para minha vida pública o Estado de Israel. E vejo em parte aqui, nosso Sergipe, uma semelhança, vem investimentos de fora. Mas para isso, você tem que fazer com que eles confiem na gente. Caso contrário, os investimentos de fora não virão para cá. Nós sabemos que nosso orçamento em grande parte, prezados deputados federais, ele é carimbado, completamente comprometido com despesas obrigatórias, sobra muito pouco, e a briga é muito grande para que cada ministro consiga puxar um pouco mais desse orçamento para fazer alguma coisa. A iniciativa privada tem sido grande aliada nossa nessas questões. Principalmente nos recursos vindo de fora”, completou.

Criada pela EBRASIL e Golar Power, a Centrais Elétricas de Sergipe S.A. (Celse) é a responsável pela implantação da planta de gás após vencer o Leilão de Energia Nova A-5 em abril de 2015, estabelecendo 26 contratos de duração de 25 anos com diversas distribuidoras de energia do País. O governador de Sergipe é Belivaldo Chagas, do PSD.