Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente: ‘Não está na hora de ter ministro do STF evangélico?’

Equipe BR Político

Um dia após dizer que “é bom ter a Justiça ao nosso lado”, durante evento com a participação do ministro Dias Toffoli, o presidente Jair Bolsonaro demonstrou contrariedade com a possibilidade de o STF enquadrar a homofobia e a transfobia como uma forma de racismo, durante Convenção Nacional das Assembleias de Deus Madureira, em Goiânia, nesta manhã de sexta, 31. Para ele, a Suprema Corte está legislando no lugar do Legislativo. Na semana passada, o Tribunal formou maioria sobre esse enquadramento e também para declarar omissão do Congresso Nacional no enfrentamento da discriminação contra a população LGBTI.

“O Supremo Tribunal Federal agora está discutindo se homofobia pode ser tipificada como racismo. Desculpem, ministros do Supremo Tribunal Federal, a quem eu respeito, e jamais atacaria um outro Poder. Mas, ao que parece, estão legislando. O Estado é laico, mas eu sou cristão. Como todo respeito ao Supremo Tribunal Federal, existe algum, entre os 11 ministros, evangélico, cristão assumido? Não me vem à imprensa dizer que quero misturar Justiça com religião. Será que não está na hora de termos um ministro do Supremo Tribunal Federal evangélico?”, questionou.

Tudo o que sabemos sobre:

STFJair Bolsonaroevangélico