Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente parabeniza agricultores que não foram ‘frouxos’ na pandemia

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente Jair Bolsonaro deu parabéns nesta quarta, 18, a produtores rurais que não foram “frouxos” durante a pandemia, em Goiás. O mesmo adjetivo foi usado ontem pelo chefe do Palácio do Planalto ao citar um provérbio bíblico para agradecer ao premiê russo Vladimir Putin pelo elogio às suas “qualidades masculinas” no combate ao novo coronavírus.

O presidente Jair Bolsonaro em cerimônia em Goiás. Foto: Isac Nóbrega/PR

“Graças a vocês (agricultores) que não pararam, nós da cidade continuamos sobrevivendo. Se o ‘fica em casa, a economia a gente vê depois’ fosse aplicado no campo, teríamos desabastecimento, fome, miséria e problemas sociais. Parabéns a vocês que não se mostraram frouxos na hora da angústia, como diz a passagem bíblica”, afirmou Bolsonaro, em Flores de Goiás. O provérbios 24.10 diz: “Se te mostrares frouxo no dia da angústia, sua força será pequena”.

A passagem bíblica foi lembrada no dia anterior diante das palavras de Putin. O elogio do russo foi: “O senhor expressou as melhores qualidades masculinas e de determinação. O senhor foi buscar a solução de todas as questões, antes de tudo na base dos interesses do seu povo, seu País, deixando para depois as soluções ligadas ao problemas de sua saúde pessoal. Isso é para todos nós um exemplo de relacionamento corajoso com o cumprimento de seu dever e a execução de suas obrigações na qualidade de chefe de Estado”, afirmou ontem no término da Cúpula do BRICS, encontro de chefes de Estado de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul realizado por videoconferência.

Ainda que recorra a texto religioso, Bolsonaro falou na semana passada que o Brasil “tem que deixar de ser um País de maricas” e enfrentar a covid-19.