Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presidente pede a ruralistas decisão ‘acertada’ sobre armas

Equipe BR Político

O pacote de apelos feitos pelo presidente Jair Bolsonaro nesta quinta, 4, à bancada ruralista, além de incluir as demandas de policiais no texto da reforma da Previdência e oposição à candidata argentina Cristina Kirchner, também incorpora a questão do decreto das armas, derrubada pelo Senado no mês passado. “Peço aos senhores também na questão do armamento, com muito carinho e respeito que vocês têm com tudo aquilo que é votado e discutido dentro da Câmara, vejam essa questão e tomem a decisão mais acertada”, disse ele em encontro com integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária.

O argumento para o apelo, diz, é que a questão do armamento não seria uma “promessa de campanha”.  “A arma está na cabeça de todos nós como instrumento de defesa e, mais que isso, um instrumento que garante a liberdade e democracia de um país, porque todo governo que desarma seu povo está mal-intencionado”, prefaciou.  O tema deverá ser debatido pelo Congresso em forma de projeto de lei.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroprevidênciaArmas