Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Presos estão produzindo máscaras de proteção contra coronavírus

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Detentos de vários Estados brasileiros estão trabalhando na produção de máscaras de proteção para o combate ao coronavírus, segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen). A estimativa é que as unidades consigam produzir cerca de 300 mil máscaras por semana. Em São Paulo, Estado com a maior população carcerária do País, a produção é estimada em até 33 mil por dia. 

Depen estima que produção chege a 300 mil máscaras por semana

Depen estima que produção chegue a 300 mil máscaras por semana Foto: China Daily/Reuters

De acordo com o órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública, os Estados definirão o destino das máscaras, mas a maior parte será para utilização dentro dos próprios territórios. Em Minas Gerais, a Secretaria de Estado (Segov) informou que as máscaras produzidas serão destinadas ao uso da população, hospitais, asilos e pelas forças de segurança do Estado. No Pará, o governo planeja também começar a produzir álcool em gel.

Em 2019, eram 143.561 presos que trabalhavam no sistema prisional, segundo dados do Infopen 2019.

Tudo o que sabemos sobre:

máscarasPresoscoronavírusDepen