Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Prevenção a DSTs sem ‘ofender’ famílias

Vera Magalhães

A política de prevenção à transmissão da Aids e de outras doenças sexualmente transmissíveis deve ser feita, mas sem “ofender” a família. A opinião é do futuro ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em entrevista à Folha. Campanhas publicitárias do Ministério da Saúde costumam abordar o tema se dirigindo a públicos-alvo das DSTs, muitas vezes partindo do princípio de que as pessoas terão relações sexuais com múltiplos parceiros e precisam se prevenir.

“Temos que rever o padrão de comunicação. Essa linguagem claramente não está surtindo efeito”, afirma o novo ministro, sobre o avanço da epidemia entre jovens.