Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Má notícia para ex-secretário de Alckmin

Equipe BR Político

O Ministério Público Federal em São Paulo pediu à Justiça que a prisão do ex-presidente da Dersa e secretário de Transportes da gestão Geraldo Alckmin Laurence Castanho Lourenço seja transformada de temporária para preventiva, ou seja, por tempo indeterminado, informa a Folha. A Procuradoria pede o mesmo para o ex-diretor do Dersa Pedro da Silva.

Tudo o que sabemos sobre:

dersaGeraldo AlckminLaurence Casagrande