Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Prévia da inflação chega a 0,81%, maior índice para novembro desde 2015

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Os resultados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15)  mostraram um aumento de 0,81% nos preços no mês de novembro. O IPCA-15 funciona como previa da inflação e o resultado, divulgado nesta terça-feira, 24, pelo IBGE, representa o pior novembro desde 2015, quando foi de 0,85%, confirmando a tendência de subida dos preços.

O centro da meta da inflação para o ano de 2020, feito pelo Banco Central, é de 4% Foto: JF Diório/Estadão

Mais uma vez, os alimentos puxaram o resultado para cima. O grupo alimentação e bebidas teve elevação de 2,16% este mês. Mas a subida dos preços foi geral, segundo os dados registrados pelo IBGE: Transportes (1%), Artigos de residência (1,40%), Habitação (0,34%), Vestuário (0,96%), Saúde e Cuidados Pessoas (0,04%), Despesas Pessoais (0,14%), Comunicação (0,06%) e Educação (0,01%).

Embora tenha subido, o IPCA cresceu menos do que tinha ocorrido em outubro, quando a alta foi de 0,94%. O acumulado do ano é de 3,13% e o dos últimos 12 meses é de 4,22%.

Tudo o que sabemos sobre:

IPCAInflaçãoIBGE