Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Primeira-dama ‘pede’ e reforma deve ser alterada

Equipe BR Político

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira, 31, que deve ser retirado do texto de reforma da Previdência um item que estabelece que pessoas com deficiências intelectuais de grau leve ou moderado deixem de receber pensão em caso da morte dos pais. O pedido de alteração, segundo ele, foi feito pela primeira-dama Michelle Bolsonaro. O texto, em tramitação na comissão especial da Câmara, destina a pensão apenas aos deficientes com grau grave ou inválidos.

“Você sabe que os pedidos da primeira-dama geralmente são irrecusáveis e inadiáveis. Já passamos para o Rogério Marinho (Secretário de Previdência do Ministério da Economia) e tenho certeza que ele vai atender a primeira-dama”, disse o presidente em entrevista à TV Brasil Central, em Goiânia, quando perguntado sobre a possibilidade de o corte nas pensões deixar a reforma, informou o Globo.