Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Site contesta ‘machismo’ contra Manuela

José Fucs

O site Caneta Desesquerdizadora, que pretende ser uma agência de checagem de notícias sem viés de esquerda, avaliou a informação de que a presidenciável Manuela d’Avila, do PC do B, foi “vítima de machismo” no Roda Viva e concluiu que ela é falsa.

Segundo o site, que tem 129 mil seguidores no Twitter e 610 mil no Facebook, Manuela não foi interrompida 62 vezes, como se divulgou, mas 40 vezes (35% a menos), sendo que, em 1/3 delas, foi interrompida por mulheres, que representavam 1/3 da bancada de entrevistadores. A checagem apontou ainda que a própria Manuela interrompeu 20 vezes os entrevistadores. “O problema de Manuela no Roda Viva não foi machismo, mas ela fugir de perguntas ou errar ao respondê-las”, diz o site. / J.F.

Tudo o que sabemos sobre:

Manuela d'Avila; PC do BRoda Vivamachismo