Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Procuradores divergem na rede sobre caso Dallagnol

Equipe BR Político

A situação de Deltan Dallagnol à frente da Lava Jato após a divulgação de mensagens vazadas entre ele e o então juiz Sergio Moro causou um desentendimento entre procuradores da República no Twitter. De um lado, Helio Telho, que defende Deltan; do outro está Wilson Rocha, contrário à atuação de Dallagnol. Rocha rebateu declaração de Telho de que “não há razão jurídica ou previsão legal que sustente o afastamento de Deltan da Lava Jato”.

“Há, apenas, interesses de quem cometeu crimes e foi atingido pela operação e que está tirando proveito da deturpação e da descontextualização midiática de mensagens criminosamente obtidas”, escreveu Telho. “Em qual grupo você me enquadraria”, questionou Rocha. Telho encerrou dizendo que Rocha seria um “caso perdido”.