Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Produto usado no Cerrado paralisa consumo de água e pesca por 40 dias

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, determinou que fosse lançado sobre as áreas de incêndio na Chapada dos Veadeiros (GO) um produto químico com uma série de restrições. Segundo a nota técnica feita em julho de 2018 pela Coordenação de Avaliação Ambiental de Substâncias e Produtos Perigosos do Ibama e obtida pelo Estadão, por conta da utilização do produto deve ser suspenso o “consumo de água, pesca, caça e consumo de frutas e vegetais na região exposta ao produto pelo prazo de 40 dias”.

Ricardo Salles observa tanque com produto retardante de fogo jogado sobre a Chapada dos Veadeiros Foto: Frame de vídeo publicado no Twitter

O produto, misturado à água e lançado por aviões sobre o Cerrado, tem a capacidade de reter o fogo. De acordo com o documento do Ibama, o composto Fire Limit FL-02. demora pelo menos 28 dias para que cerca de 80% a 90% de seu material se degrade.

A recomendação dos técnicos é de que a aplicação fosse feita fora de margens de rios e Áreas de Preservação Permanente (APP). Porém, a região em que o material foi despejado é tomada por florestas protegidas, como o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros.

Tudo o que sabemos sobre:

IbamacerradoRicardo Salles