Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Projeto do canabidiol une PSOL e PSL, diz autor

Equipe BR Político

O projeto de lei em tramitação na Câmara desde a semana passada que permite a venda de medicamentos com extratos de canabidiol conseguiu unir parlamentares de esquerda e direita, comemora o autor do texto, o deputado Fábio Mitidieri (PSD-SE). “Acho engraçado que esse é um tema que conseguiu unir da extrema esquerda à extrema direita. Você tem desde o PSOL ao PSL apoiando o projeto”, afirmou ele ao BR Político. O produto tem sido utilizado no tratamento de epilepsia, autismo, Alzheimer, Parkinson e dores neuropáticas.

O plenário do STF deve julgar um recurso do Estado de São Paulo na próxima quarta-feira, 23, para definir se Estados são obrigados a importar e fornecer medicamentos à base da substância. A Anvisa permite a importação do canabidiol desde 2015 para uso próprio, mediante prescrição médica. O Estado governado por João Doria (PSDB), no entanto, alega que tais produtos ainda não têm eficácia comprovada e que o custo de importação é muito elevado.

Em julho, o ministro da Cidadania, Osmar Terra (MDB), afirmou que poderia fechar a Anvisa caso a regulamentação do canabidiol fosse aprovada. Mitidieri disse respeitar a preocupação de Terra, mas acredita que o ministro deveria conhecer melhor o tema. “Não é para uso recreativo, ninguém está defendendo o uso recreativo de drogas”, justificou. (Bruno Nomura, especial para o BRP)

Tudo o que sabemos sobre:

canabidiol