Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Pros destitui presidente do partido por ‘desvio do fundo eleitoral’

Equipe BR Político

O diretório nacional do Pros destituiu o presidente da sigla, Eurípedes Júnior, e suspendeu sua filiação por três meses no sábado, 11, informa o Estadão. O dirigente é acusado de desviar recursos dos fundos eleitoral e partidário e lavagem de dinheiro. O anúncio rachou o partido. A defesa de Eurípedes e parlamentares da sigla veem tentativa de golpe partidário.

Em nota divulgada após uma reunião no sábado, o Pros informou que em 2015 Eurípedes Junior adquiriu um helicóptero no valor de R$ 2,4 milhões para uso pessoal e com recursos do fundo partidário. A nova Executiva promete fazer uma auditoria interna para apresentar um relatório ao Ministério Público e também à Polícia Federal.

De acordo com a diretório nacional, o partido será comandado por uma comissão provisória presidida por Marcus Vinicius Chaves de Holanda até a próxima convenção nacional. Mas este não é o entendimento da defesa de Eurípedes, que vê uma “tentativa natimorta de golpe partidário” e defende que o dirigente segue na presidência da sigla.

Tudo o que sabemos sobre:

ProsEurípedes Júnior