Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

PSD lamenta morte de senador Arolde de Oliveira

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Partido Social Democrático (PSD) lamentou a morte do senador Arolde de Oliveira, aos 83 anos, vítima da covid-19 na noite de quarta-feira, 21, no Rio de Janeiro. Ele estava internado desde o último dia 4. Em nota assinada pelo presidente da sigla, Gilberto Kassab, a sigla relembra a trajetória política do parlamentar, que teve falência dos órgãos causada por complicações em decorrência do novo coronavírus.

Arolde de Oliveira (PSD), 83, estava internado em um hospital no Rio de Janeiro desde o último dia 4

Leia a íntegra da nota abaixo:

“O Partido Social Democrático recebe com enorme pesar a notícia do falecimento do senador Arolde de Oliveira, aos 83 anos, no Rio de Janeiro. Eleito para o Senado em 2018 pelo Rio de Janeiro com 2,3 milhões de votos, Arolde de Oliveira era economista e engenheiro, especialista em telecomunicações. Foi deputado federal por nove mandatos, um democrata que dedicou sua vida à política e à defesa dos interesses dos brasileiros, especialmente dos fluminenses. Natural de São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul, Oliveira deixa a mulher Yvelise de Oliveira, e a filha Marina de Oliveira. À toda sua família, aos amigos e eleitores, o PSD transmite votos de profundo pesar”, escreveu Gilberto Kassab, presidente nacional do Partido Social Democrático.