Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSDB rebate França: ‘Absurdo ele fazer interpretação das ordens do PCC’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente do diretório paulista do PSDB, Marco Vinholi, rebateu a acusação do candidato à Prefeitura de São Paulo Márcio França, que disse não ser verdade que a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) tenha expulsado candidatos do PSDB na Baixada Santista.

O presidente do diretório estadual do PSDB em São Paulo, Marco Vinholi

O presidente do diretório estadual do PSDB em São Paulo, Marco Vinholi Foto: Divulgação/Governo SP

“É absurdo que o candidato Marcio França faça interpretação das ordens de uma facção criminosa. Ele, que não sabe se é petista ou bolsonarista, também demonstra que sabe pouco sobre segurança pública. O PSDB, quer ele goste ou não, sempre enfrentou o crime organizado e é responsável pelos melhores indicadores de criminalidade do Brasil. O resto é bravata de quem sabe que vai perder mais uma eleição”, disse o secretário de Desenvolvimento Regional do governo de João Doria ao BRP.

No último fim de semana, depois da soltura de André do Rap e da determinação de Doria de criar uma força-tarefa para prender o integrante do PCC, membros de campanhas da coligação do prefeito Bruno Covas (PSDB) têm relatado ameaças do crime organizado em comunidades na periferia de São Paulo e da Baixada Santista. Sobre o caso, França afirmou que “não é verdade” que os candidatos estariam sofrendo ameaças. 

“Houve um comunicado que saiu entre aspas do PCC alertando que as pessoas do PSDB não podiam fazer campanha. Imagine que o PSDB, que deixou o PCC crescer a vida inteira, vai ser proibido de entrar. A última coisa que o PCC tem medo é do PSDB. Eles (tucanos) são o cúmulo da fragilidade. João Doria é o cúmulo da fragilidade em relação a essas pessoas”, disse em entrevista ao BRP ao ser questionado sobre propostas para as comunidades carentes da Capital nesta quarta-feira, 14.

Desde o início da campanha, França tem apostado na polarização com os tucanos e diz acreditar em um segundo turno contra Covas na capital.

Veja a entrevista de França ao BRP.

Tudo o que sabemos sobre:

Marco Vinholimarcio françaPSDBPCC