Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSDB se afasta de Bolsonaro

Vera Magalhães

As declarações polêmicas de Jair Bolsonaro e as investidas do ministro Paulo Guedes contra o legado econômico do Plano Real levaram o PSDB a acelerar o descolamento político do Planalto. O Globo ouviu expoentes tucanos a respeito da estratégia do partido, sob o novo comando de Bruno Araújo, depois de uma campanha em que alguns de seus candidatos, entre eles João Doria Jr., surfaram a onda bolsonarista.

“Gente, fica a dica: ser contra a ditadura no Brasil não é ser de esquerda ou comunista. É apenas respeitar a história e ser absolutamente contra todas as atrocidades cometidas durante o período”, postou o partido em suas redes sociais. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também reforçou essa linha. A sigla também soltou nota oficial contrapondo Guedes. De agora em diante, disse um dirigente ao BR18, manifestações desta natureza serão mais frequentes, pois passou o período que os tucanos chamavam de “voto de confiança” a Bolsonaro para que mostrasse se estava disposto de fato a empreender uma pauta liberalizante na economia e moderar seu discurso nas demais áreas. / V.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroPSDBJoão DoriaFHC