Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSL faz reunião sem 19 deputados bolsonaristas

Equipe BR Político

A reunião do PSL em Brasília, nesta terça-feira, 22, teve quórum baixo: nenhum dos 19 deputados bolsonaristas alvos de processos disciplinares internos compareceu ao encontro. Mesmo sem a presença dos parlamentares, a sigla instaurou um Conselho de Ética que julgará os acusados – incluindo o novo líder do PSL, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (SP).

Segundo o Broadcast Político, os 19 notificados têm prazo de cinco dias para apresentarem suas defesas ao Conselho de Ética. As penalidades possíveis variam desde uma simples advertência até a expulsão dos parlamentares. O senador Major Olímpio (PSL-SP), presente no encontro, afirmou que alguns participantes defenderam a suspensão sumária de alguns dos parlamentares, mas foram contidos pelo presidente da sigla, Luciano Bivar (PE), que interveio pedindo calma e paciência aos presentes.

Tudo o que sabemos sobre:

crise no PSL