Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSOL acusa Bolsonaro de crime de responsabilidade por emendas

Equipe BR Político

O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) está acusando o governo de ter cometido crime de responsabilidade ao liberar emendas parlamentares. Ele afirmou que o presidente Jair Bolsonaro não poderia ter liberado R$ 2,5 bilhões em emendas, que, segundo o psolista, teriam sido usadas para convencer deputados a votar favoravelmente à reforma da Previdência. “No afã de comprar votos pra aprovar a Reforma da Previdência, Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade. Ele liberou dinheiro sem autorização do Congresso pra pagar emendas a parlamentares em troca do voto favorável”, escreveu.  Ele avisou que o PSOL entrou com um mandado de segurança ao STF pra impedir a votação da Reforma da Previdência.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroMarcelo FreixoPsol