Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSOL ao lado de Maduro contra o ‘imperialismo ianque’

Equipe BR Político

Como era esperado, o PSOL emitiu uma nota defendendo a “soberania” do governo de Nicolás Maduro na Venezuela. A sigla, de forma semelhante do que fez Gleisi Hoffmann em seu Twitter e o PT de Roraima em comunicado, utilizou a velha retórica contra o ” imperialismo ianque” para dizer que toda a ajuda humanitária que tenta ser entregue pelas fronteiras venezuelanas com a Colômbia e com o Brasil não passa de uma ” tentativa de uma intervenção militar externa combinada com uma ação golpista desde dentro, visando retomar o controle do país.”

“O PSOL vem publicamente se opor a qualquer ingerência externa nos assuntos da Venezuela. Repudiamos de maneira contundente as provocações do governo brasileiro nas fronteiras da Venezuela, inclusive incitando conflito e violência, simplesmente sendo transmissor automático do imperialismo de Trump.”

Tudo o que sabemos sobre:

PsolVenezuelanicolas maduroJair Bolsonaro