Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSOL busca disseminadores de ‘mentiras’

Equipe BR Político

O presidente do PSOL, Juliano Medeiros, afirmou no Twitter que o partido investiga quem são as pessoas que têm associado a desistência do deputado Jean Wyllys em assumir o terceiro mandato com a investigação sobre a facada contra o presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral. O parlamentar alega questão de segurança pelas ameaças que têm sofrido.

Nas redes sociais, apoiadores do presidente da República impulsionam a expressão #InvestigarJeanWillis insinuando que o deputado do PSOL estaria “fugindo” de uma investigação por fazer parte do partido ao qual Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado, já foi filiado. O vice presidente, Hamilton Mourão, descartou nesta sexta, 25, a associação, classificando- a de “wishful thinking (desejo que algo aconteça)”.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Jean Wyllys