Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PSOL processa Bolsonaro e Wajngarten

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Psol entrou com uma ação na Justiça contra o presidente Jair Bolsonaro e o chefe da Secretaria de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten, pela publicação, nas redes oficiais do governo, de uma homenagem ao tenente-coronel reformado do Exército Sebastião Curió Rodrigues de Moura. O militar foi denunciado por assassinatos na Guerrilha do Araguaia nos anos 1970, durante a ditadura militar.

Publicação de homenagem a Sebastião Curió Rodrigues de Moura ela Secom

Publicação de homenagem a Sebastião Curió Rodrigues de Moura ela Secom Foto: Reprodução/Twitter

A ação do PSOL cobra a retirada da postagem das redes oficiais do governo e punição a Bolsonaro e Wajngarten por desvio de finalidade no uso do perfil estatal.

Esta é a terceira ação do partido contra o governo federal por causa desta homenagem a Curió. Na última semana já houve uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) e uma ação, ao lado do Instituto Vladimir Herzog e do Núcleo de Preservação da Memória Política, na Corte Interamericana de Direitos Humanos.