Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

PT avisa que votará em Pacheco para presidente do Senado

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Rodrigo Pacheco (DEM-MG) ganhou mais um reforço em sua busca pela presidência do Senado. O PT anunciou que decidiu “por unanimidade” apoiar o escolhido de Davi Alcolumbre (DEM-AP) para o comando da Casa Legislativa. Para tanto, apresentaram uma “carta de compromissos a Pacheco, semelhante a que foi entregue para Baleia Rossi (MDB-SP) na Câmara.

“Esses compromissos apresentados ao candidato Rodrigo Pacheco (DEM/MG) têm o sentido de enfrentar a agenda de retrocessos pautada pelo governo de extrema-direita no campo dos direitos humanos e dos direitos constitucionais, e em defesa do estado democrático de direito e da soberania nacional”, diz a legenda em nota.

Pacheco também é o favorito de Jair Bolsonaro à sucessão de Alcolumbre. Inclusive preterindo os líder do governo, Eduardo Gomes (MDB-TO) e Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Dentre os pontos essenciais para os petistas, está a “Democracia e o Estado de Direito”, no qual pedem que o futuro presidente do Senado utilize “todos os instrumentos do Poder Legislativo” contra a “todos os crimes praticados por autoridades do executivo, inclusive o presidente da República”.

Pedem também pautas que pouco tem a ver com o governo Bolsonaro, como “meio ambiente e desenvolvimento sustentável”, vacinas e o fortalecimento de políticas de direitos humanos para mulheres e minorias.

“O PT tem bastante claro que a aliança com partidos dos quais divergimos politicamente, ideologicamente e ao longo do processo histórico se dá exclusivamente em torno da eleição da Mesa Diretora do Senado Federal, não se estendendo a qualquer outro tipo de entendimento, muito menos às eleições presidenciais.”

Tudo o que sabemos sobre:

PTRodrigo PachecosenadoDavi Alcolumbre