Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PT tem dois dias cheios contra Bolsonaro

Gustavo Zucchi

O líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), demonstrou entusiasmo com as últimas ações do partido contra o governo de Jair Bolsonaro. Nos últimos dois dias, a sigla atacou em duas frentes. Na última quarta-feira, 15, o foco foi o sigilo sobre a lista de convidados para a posse do ex-deputado como presidente da República. Protocolaram uma ação popular e um pedido de acesso à informação. Já nesta quinta-feira, os petistas protocolaram um requerimento baseado na LAI sobre os gastos com o cartão corporativo, que chegaram a R$ 14,9 milhões  no ano passado. Já o secretário de comunicação, Fabio Wajngarten, foi alvo de duas representações do PT.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonaroPaulo PimentaPT