Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

PT vai acionar STF para União abastecer o Amazonas com oxigênio em 24 horas

Alexandra Martins

Diante do colapso no atendimento a pacientes com covid-19 no Amazonas, agravado nesta quinta, 14, pelo desabastecimento de oxigênio nos hospitais de Manaus, o PT vai protocolar na noite de hoje um pedido no Supremo Tribunal Federal, em ação sob relatoria do ministro Ricardo Lewandowski, para obrigar a União a realizar o abastecimento imediato de oxigênio no Estado, bem como a instalação de hospitais de campanha, decretação de lockdown (fechamento geral) em Manaus, utilização da Força Nacional para auxiliar na segurança pública durante o lockdown na capital e convocação de médicos dos programas Mais Médicos e Mais Médicos para o Brasil.

“Mais uma vez temos que recorrer à Justiça diante da omissão, inoperância e chacotas do governo Bolsonaro ao colapso preanunciado de Manaus”, justificou o ex-ministro da Saúde e deputado federal Alexandre Padilha (PT).

Ainda não há informações sobre número de vítimas fatais internadas com a doença que não resistiram à falta de oxigênio em Manaus, mas outro indicativo da gravidade da situação é o pedido de ajuda do Brasil aos Estados Unidos para envio de um avião da US Air Force – a força aérea americana – que auxilie no transporte de cilindros de oxigênio para a cidade.

A White Martins, maior fornecedora do produto no Amazonas, também informou que negocia o transporte de oxigênio da filial na Venezuela para o Brasil.

Na quarta-feira, 13, uma aeronave da FAB levou 8 toneladas de equipamentos hospitalares para Manaus – incluindo cilindros de oxigênios. Outros dois aviões de carga modelo Hercules C-130 partirão ainda nesta quinta-feira, 14, de Guarulhos (SP) em direção a Manaus com mais cilindros.

Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), em meio a surto do coronavírus, em Manaus. Foto: Bruno Kelly/Reuters

 

Tudo o que sabemos sobre:

PToxigênioAmazonasSTF