Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

PT vai tentar derrubar MPs do INSS e AGU no Senado

Equipe BR Político

Senadores do PT vão tentar derrubar as medidas provisórias que promovem um pente-fino em benefícios do INSS e dispõem sobre gratificações da Advocacia-Geral da União. As duas MPs foram aprovadas na quarta-feira, 29, na Câmara dos Deputados e perdem a validade se não forem aprovadas pelos senadores até o próximo dia 3. Os petistas discordam da votação da Câmara que manteve a espinha dorsal da MP 871/2018. O texto estabelece medidas de combate a fraudes em benefícios assistenciais e previdenciários do INSS, mas há críticas sobre o corte dos pagamentos em casos como o de produtores rurais.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), chegou a anunciar um acordo para votar essa medida e a MP 872/19, que ampliou o prazo para o pagamento de gratificações a servidores e empregados cedidos à AGU, por meio de uma votação simbólica, segundo o Broadcast Político. A estratégia do PT vai ser pedir verificação de quórum na sessão. Na prática, se não houver a presença física de uma quantidade suficiente de parlamentares em plenário, a sessão é derrubada. A votação das medida, neste caso, só ocorreria se o governo se mobilizasse e levasse os senadores ao plenário para garantir a aprovação das medidas.

Notícias relacionadas