Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Quando a esquerda se isola, erra’, diz Flávio Dino

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), defendeu a união da esquerda no enfrentamento ao novo coronavírus. Pelas redes sociais, nesta sexta-feira, 5, ele compartilhou o trecho de um vídeo de entrevista a emissoras públicas do Nordeste em que afirma que quando a esquerda se isola, ela erra.

O governador do Maranhão, Flávio Dino

O governador do Maranhão, Flávio Dino Foto: Werther Santana/Estadão

Dino foi questionado sobre quais são as tarefas principais da esquerda no atual momento do Brasil. “Acho que isso é o mais importante, nós temos essa amplitude na defesa das regras do jogo democrático. Quando a esquerda caminha nessa direção, ela acerta, quando ela se isola, ela erra. Porque há momento para tudo, isso é bíblico, Eclesiastes 3, ‘há tempo para todo propósito de baixo do céu”, disse o governador.

“Não é tempo de isolamento. É tempo de aliança, de união em favor do Brasil, dos brasileiros, em favor da democracia e contra o coronavírus. Quem está a favor desse programa, independentemente de seu passado ou de seu futuro. Nós não estamos julgando o passado de parceiros de caminhada ou fazendo um prognóstico do futuro. Nós estamos contingencialmente unidos em torno dessas tarefas, que são as mais importantes. Nada é mais importante do que vencer o coronavírus e proteger a democracia brasileira”, concluiu.

Recentemente, o ex-presidente Lula descartou fazer aliança com os ex-candidatos à Presidência Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT). Segundo o petista,  que ambos optaram por “seguir seu próprio caminho”.

Tudo o que sabemos sobre:

Flávio DinoEsquerdademocraciacoronavírus