Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Quarto índio guajajara é assassinado no Maranhão

Equipe BR Político

Mesmo com a presença da Força Nacional de Segurança no Estado, um quarto indígena da etnia guajajara foi assassinado desde 2 de novembro, nesta sexta, 13, no Maranhão. Segundo informação da Funai, Dorivan Soares Guajajara, residente na Terra Indígena Arariboia, conhecido como Cabeludo, e o não indígena Roberto do Nascimento Silva foram assassinados na Vila Industrial do município de Amarante. A Polícia Civil foi rápida em exibir sua primeira hipótese: “Estão descartadas todas motivações de crime de ódio, disputa por madeira ou por terras”. O ministro Sérgio Moro havia autorizado o envio da Força Nacional para uma região próxima, em Jenipapo dos Vieiras, mas não para Arariboia, no município de Bom Jesus das Selvas, onde há mais conflitos entre indígenas, pistoleiros e madeireiros.

Tudo o que sabemos sobre:

GuajajaraMaranhão