Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Queda em investimentos do governo de SP

Equipe BR Político

Os investimentos do governo paulista caíram 26% nos seis primeiros meses da gestão João Doria (PSDB)e atingiram o menor nível desde 2012. Apesar da promessa na campanha de intensificar as privatizações do setor de transportes para investir mais em educação, saúde e segurança, 84% dos R$ 2,72 bilhões investidos pelo tucano entre janeiro e junho foram destinados a obras em rodovias e linhas de trem e metrô, informa o Estadão. Levantamento feito pelo Estadão no sistema de execução orçamentária da Secretaria da Fazenda mostra que o volume de recursos investidos pelo governo estadual nas três áreas consideradas prioritárias por Doria somaram R$ 380 milhões no período, valor inferior ao que foi aplicado pela gestão apenas em obras de recuperação e duplicação de estradas – R$ 499 milhões –, que contam com financiamentos externos, como o do Banco Mundial. O governo Doria argumenta que algumas prioridades tiveram de ser revistas no início da gestão diante das condições em que tucano recebeu o Estado das mãos do ex-governador Márcio França (PSB).

A grande aposta de Doria para alavancar os investimentos públicos nas áreas prioritárias tem sido a busca por parceiros privados interessados em aportar recursos em grandes obras de infraestrutura. Na última sexta-feira, o governo inaugurou uma sala comercial em Xangai e assinou um protocolo de intenções com uma estatal chinesa interessada em disputar as licitações do Trem Intercidades, antiga promessa de transporte para ligar a capital ao interior; da retomada da Linha 6-Laranja, paralisada desde 2016; e do projeto de despoluição do rio Pinheiros.

Tudo o que sabemos sobre:

São PauloinvestimentoJoão Doria