Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Queda na criminalidade

Equipe BR Político

De acordo com monitoramento do Sinesp, plataforma administrada pelo Ministério da Justiça que contabiliza os boletins de ocorrência de todos os Estados e do DF, o primeiro mês do ministro Sérgio Moro à frente da pasta registrou queda em oito dos nove crimes monitorados pelo sistema. A maior queda foi nos roubos à instituição financeira: 43%. O número de homicídios em janeiro caiu 21% em comparação com o mesmo período do ano passado: 4.536 para 3.600. Já tentativa de homicídio teve redução de 17%. Caíram também latrocínio (12%), estupro (11%), furto de veículo (14%) roubo de carga (27%) e roubo de veículo (23%). Apenas lesão corporal seguida de morte não teve variação: 78 casos nos dois anos.

É a primeira vez que são divulgadas estatísticas oficiais sobre criminalidade no País de uma maneira padronizada. O ministro Sérgio Moro diz que ainda é cedo para um diagnóstico dos motivos dessa redução, mas a expectativa é de que ela seja constante. Para ele, houve mudança de postura do governo federal e dos estaduais em relação à segurança pública. Todos têm tomado ações mais efetivas, segundo a Coluna do Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

crimequedasergio moroSinespcriminalidade