Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Quem fala sobre prorrogação do auxílio é Paulo Guedes’

Gustavo Zucchi

Exclusivo para assinantes

Com o centrão sinalizando uma lenta “fritura” de Paulo Guedes, Jair Bolsonaro voltou a defender publicamente as decisões de seu “Posto Ipiranga”. O presidente “garantiu” que quem bate o martelo sobre uma possível prorrogação do auxílio emergencial é o ministro da Economia. “Quem fala sobre isso é o Guedes”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro Foto: Gabriela Biló/Estadão

Em conversas com o BRP, líderes já afirmaram que deverá ser “difícil” para Bolsonaro segurar Guedes e prorrogar o auxílio emergencial de R$ 600 que tem sido entregue para trabalhadores autônomos que ficaram sem renda durante a pandemia. Lembram que, na proposta inicial feita pela equipe econômica, o valor era de R$ 200. Bolsonaro tem tentando, por meio de decretos, reabrir vários setores da economia, mas as medidas têm sido rechaçadas por governadores e prefeitos.