Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Quem pisca no Senado

Vera Magalhães

A eleição para a presidência do Senado segue indefinida graças ao MDB. Nova reunião na quinta-feira deve decidir entre Renan Calheiros e Simone Tebet. Na coluna desta quarta, no Estadão, conto como a cúpula do partido tenta costurar um apoio, diante das dificuldades que Renan deve enfrentar. O partido se preocupa em manter o Senado, único posto institucionalmente relevante que o partido ainda pode ocupar na nova configuração política do poder central.

Muitos acham que a ação de Romero Jucá, presidente da legenda, para tentar dissuadir Renan é “jogo de cena”, dada a proximidade histórica de ambos, mas, pragmático e tendo sido ele próprio derrotado nas urnas, Jucá parece fazer a leitura política da dificuldade do aliado diante da realidade do governo Jair Bolsonaro e dos novos senadores mandados a Brasília em outubro. / Vera Magalhães