Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

R$ 130 mil em auxílio-mudança para ministros

Equipe BR Político

O governo Bolsonaro gastou ao menos R$ 130 mil com o pagamento de auxílio-mudança e auxílio-moradia para os ministros que moravam fora de Brasília. O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, foi quem recebeu a maior quantia para fazer sua mudança: R$ 61.869,40.Procurada, a assessoria do ministro afirmou que os pagamentos obedeceram ao que está estabelecido na lei, porque ele declarou possuir dois dependentes.

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, recebeu R$ 30.934,70 para a mudança e R$ 7,5 mil de auxílio-moradia. Bento Costa Lima Leite, de Minas e Energia, recebeu o mesmo valor que Moro. Já Paulo Guedes ganhou R$ 1.496,33 de auxílio-moradia – o valor pago ao ministro da Economia foi proporcional ao período para o qual ele apresentou comprovante de gastos com moradia, informou o Globo.