Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

R$ 2,6 bi podem voltar ao Brasil

Equipe BR Político

A Advocacia Geral da União retomou as tratativas para a contratação de um escritório de advocacia internacional para fazer a repatriação de R$ 2,6 bilhões bloqueados em contas no exterior ligadas a investigados na Lava Jato e em outras investigações criminais. O processo para a contratação (necessário, porque os advogados da União não pode atuar fora do País) estava parado há dois anos e foi retomado no governo Bolsonaro, informa o Estadão.

O volume total de recursos bloqueados corresponde a depósitos em 42 contas de diversas titularidades. A maior parte do dinheiro está na Suíça, mas há dinheiro em outros 12 países.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Lava JatoAGUrepatriação