Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ramos critica portaria do governo que zera a alíquota de máquinas

Equipe BR Político

O deputado Marcelo Ramos (PR-AM) afirmou que a portaria 511 aprovada na última sexta-feira, 3, pelo Ministério da Economia, “atenta contra a indústria nacional e o emprego dos brasileiros”. A medida zera a alíquota do Imposto de Importação de 281 máquinas e equipamentos industriais que não são produzidos no Brasil.Pelo Twitter, o presidente da Comissão Especial responsável pela análise da reforma da Previdência na Câmara criticou a medida. “O governo combate renúncia fiscal para a indústria nacional e zera imposto pra importação. Quer dizer que quem produz e gera emprego aqui paga imposto e quem importa não paga?”, escreveu.

Na avaliação de Ramos, a medida “contraria o discurso do governo de combater desonerações tributárias”, já que pode vir a prejudicar, na leitura do deputado, a indústria nacional. “Ex-tarifário (redução temporária da alíquota do imposto de importação) é importante para ao desenvolvimento do país, mas desde que não recaia sobre produtos com similares produzidos no Brasil”, avaliou o deputado.