Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ramos defende orçamento impositivo de ataques de ‘quase ex-senadora’

Gustavo Zucchi

Na briga pela manutenção ou não dos vetos ao orçamento impositivo, o deputado Marcelo Ramos (PL-AM) saiu em defesa do Congresso Nacional ante os ataques feitos pela ainda senadora Selma Arruda. Ela tem divulgado um vídeo pelas redes sociais na qual ataca a decisão do Parlamento de dar ao relator do orçamento a prerrogativa de indicar como serão divididos cerca de R$ 30 bilhões em emendas parlamentares. Para Ramos, a ex-juíza e agora “quase ex-senadora” não tem “moral” para falar do tema.

Deputado federal Marcelo Ramos

Deputado federal Marcelo Ramos Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

“Eu quero lembrar que senadora é a quase ex-senadora Selma. É uma senadora cassada pelo TSE, por crime eleitora, por vender a vaga de suplente por R$ 1 milhão. E agora vem no maior cinismo, cinismo bem característico dos tempos que estamos vivendo, querer falar de respeito as instituições. Senadora Selma, você não tem moral para tratar de temas do Congresso, porque é você é uma quase ex-senadora. Uma senadora cassada”, disse. Na próxima semana, a perspectiva é que o embate sobre a chancela ou não dos vetos presidenciais seja retomada.