Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ramos diz que ‘carta de governador não rende voto’

Marcelo de Moraes

A temperatura continua alta na discussão entre governadores e Congresso para definir se Estados e Municípios serão incluídos ou não na reforma da Previdência. Em entrevista ao blog de Josias de Souza, no UOL, o presidente da Comissão Especial da reforma, Marcelo Ramos (PL-AM), ironizou o movimento feito pelos governadores, divulgando uma carta, como forma de pressionar os deputados a não excluirem Estados e Municípios.

“Tem governador que, em vez de assinar uma carta, deveria dizer quantos parlamentares das suas bancadas regionais e partidárias votarão a favor da reforma. Carta de governador não rende voto na Câmara. Não me parece razoável um governador dizer no Estado dele que é contra, a bancada regional e partidária dele votar integralmente contra e ele assinar uma carta dizendo que quer que inclua Estados e municípios na proposta”, afirmou Ramos para Josias.