Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Ramos: ‘Presidente desidrata a reforma cada vez que fala’

Equipe BR Político

O presidente da Comissão Especial da reforma da Previdência, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), em entrevista à rádio Jovem Pan, foi questionado nesta tarde de quinta, 25, sobre possíveis vias de compensação de pontos natimortos que devem ser retirados do texto, como o BPC e aposentadoria rural, alterando assim o cálculo do ministro Paulo Guedes de que a PEC vai proporcionar uma economia de R$ 1,2 trilhão em dez anos. Até a idade mínima, na qual o presidente Jair Bolsonaro já admitiu possibilidades de mudança, poderia entrar no pacote. Antes de responder, no entanto, ele afirmou que “o presidente, cada vez que fala, ele desidrata a reforma. Se ele não falar até o final da votação, ele vai ajudar um bocado”.

Segundo o deputado, ninguém que conheça “minimamente a relação entre Executivo e Legislativo manda uma proposta de R$ 1 trilhão achando que vai sair R$ 1 trilhão. Eles já têm uma margem do que é possível tratar, até porque, se não tivessem, o presidente não daria tantas declarações que desidratam a proposta deles”, respondeu.

Tudo o que sabemos sobre:

Marcelo ramosprevidênciaJair Bolsonaro