por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Randolfe parabeniza ala militar que não festejou golpe de 64

Marcelo de Moraes

O líder da Rede no Senado, Randolfe Rodrigues (AP), cumprimentou os militares que decidiram não comemorar neste domingo os 55 anos do golpe militar de 1964. E criticou Jair Bolsonaro por ter incentivado essa celebração.

“Parabenizo a ala militar que, cumpridora de seu dever para com a democracia, mesmo instigada irresponsavelmente pelo presidente da República, não se seduziu pela oportunidade de comemorar o golpe de 64”, escreveu Randolfe nas suas redes sociais. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Golpe de 1964Randolfe Rodrigues