Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Randolfe pede abertura de inquérito contra Bolsonaro no STF

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), puxou as reações jurídicas à ameaça feita pelo presidente Jair Bolsonaro a um jornalista do Globo, no domingo, 23.

O senador Randolfe Rodrigues

O senador Randolfe Rodrigues Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O senador protocolou no Supremo Tribunal Federal um pedido de abertura de inquérito contra Bolsonaro e medidas protetivas ao repórter que questionou sobre os depósitos do ex-assessor Fabrício Queiroz à primeira-dama, Michelle Bolsonaro. O pedido vem com determinação de cautelares para que o presidente não se aproxime do jornalista a quem disse ter vontade de “encher a boca com uma porrada”.

Randolfe ainda apresentou denúncia à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA para que o órgão acompanhe a violência contra a liberdade de imprensa no Brasil. O senador ainda pede a abertura de investigações preliminares sobre o caso.

A denúncia usa dados da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) que indicam que apenas no primeiro semestre, o presidente promoveu “245 ataques contra o jornalismo”. Ao abordar o caso mais recente, o documento aponta: “No presente caso, temos justamente o oposto do que se poderia esperar da autoridade máxima da República: em vez de proteger e estimular o trabalho jornalístico, prefere dele escarnecer ou agredir os seus profissionais, visando cercear a sua atuação”.