Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Receita sob ameaça de demissão coletiva

Vera Magalhães

A cada dia se agrava um pouco a situação de sublevação interna na Receita Federal. Tenho conversado com auditores, chefes e representantes de entidades ligados ao Fisco, que são unânimes em apontar o caráter inédito da intervenção governamental no órgão, conjugado com um ataque perpetrado pelo STF e subsidiado até pelo Tribunal de Contas da União. Nesta terça-feira, cinco subsecretários-gerais da Receita ameaçaram entregar uma carta de demissão coletiva caso as ingerências continuem. A escalada da crise interna está relatada em reportagens de veículos como Estadão e O Globo.

Um dos panos de fundo para a revolta da cúpula da Receita é a presença de Ricardo Feitosa, nome próximo ao do ministro Gilmar Mendes, do STF, na chefia de inteligência do órgão. Os subsecretários querem que Marcos Cintra substitua Feitosa para abrandar o clima de rebelião interna, mas não há sinais de que o secretário-geral acatará o pleito, nem de que não vá fazer novas mudanças na mesma linha da substituição do número 2 do órgão, João Paulo Fachada, tida como o mais claro caso até aqui da mão grande do Planalto dentro da Receita.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.