Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Rede pede que Fachin paute suspensão de ‘superinquérito’

Equipe BR Político

Na avaliação da Rede, por ser parte do inquérito que investiga fake news contra integrantes do STF e seus parentes, o presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, está demorando a pautar o pedido de suspensão da ação feito pelo partido. Por isso, a sigla que quer o relator da ação na Casa, ministro Edson Fachin, reconsidere e decida monocraticamente sobre o tema. “Queremos o cumprimento da Constituição Federal, a garantia da transparência e, de fato, preservar a credibilidade do Judiciário”, afirma o pedido protocolado pela Rede justo ao STF e endereçado a Fachin.

Rede considera arbitrária a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news, que mandou suspender imediatamente todos os procedimentos investigatórios instaurados na Receita Federal envolvendo 133 contribuintes que entraram na mira do órgão por indícios de irregularidades. “O inquérito em si é um ato de Estado de exceção”, avalia o partido.