Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Rede tenta reverter decisão de Toffoli

Equipe BR Político

O Rede Sustentabilidade de Marina Silva entrou com um recurso no STF nesta segunda-feira, 22, para tentar reverter a decisão de Dias Toffoli de paralisar todas as investigações que utilizam dados do Coaf e outros órgãos sem autorização judicial. Decisão que parou inclusive as ações que envolvem o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Com o recurso apresentado ao STF, o Rede pede que o caso seja entregue a outro ministro após o fim do recesso da Corte, em agosto. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) anunciou a decisão do partido via Twitter. “O ato do ministro viola o princípio da Segurança Jurídica e ameaça investigações de lavagem de dinheiro em todo país”, escreveu.