Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Reduzir a ‘bala na agulha’ para 2022

Equipe BR Político

Na coluna da Vera no Estadão desta quarta-feira, 7, a editora do BR18 comenta sobre os planos de adversários políticos do presidente Jair Bolsonaro para tentar reduzir sua escalada em busca da reeleição em 2022. A ideia de um grupo amplo de parlamentares é não dar “dinheiro novo” que irrigue a economia rapidamente e dê gás a Bolsonaro, principalmente no contexto em que não há alternativas no centro e à esquerda a ele.

Os planos do ministro da Economia, Paulo Guedes, poderão ser os mais afetados pelo “racionamento de combustível” ao presidente. “Nesse quadro, é a pauta de privatizações, sobretudo as mais ambiciosas, que entra na mira. Haverá resistência a empreitadas como a venda da Eletrobrás, uma das prioridades de Paulo Guedes”, avaliou a colunista.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair BolsonarocombustívelReeleição