Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Referendo sobre pena de morte?

Equipe BR Político

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) afirmou que a discussão sobre um referendo para uma possível mudança constitucional para implantar pena de morte para crimes hediondos e tráfico de drogas pode ocorrer em 2019. Embora reconheça que se trata de uma cláusula pétrea, o filho caçula do presidente eleito, Jair Bolsonaro, defende a realização de um plebiscito ou referendo para consultar a população sobre o tema: “Se o povo aprovar, já vira lei”, defende em entrevista ao Globo.

Na manhã deste domingo, 16, Bolsonaro disse que o assunto não entrará na pauta, pois “além de tratar-se de cláusula pétrea da Constituição, não fez parte de minha campanha”.