Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Refis para investigados: temos

Vera Magalhães

Investigados nas grandes operações da Polícia Federal, como Lava Jato, Zelotes e Ararath, conseguiram parcelar, por meio do último Refis, débitos fiscais que somam R$ 3,8 bilhões. O benefício, conforme informa o Estadão, atingiu empresas e pessoas físicas envolvidas nos escândalos.

Além de parcelar os débitos, ao aderirem ao programa esses beneficiados ainda escapam de responder por crime tributário. “O que causa a impunidade tributária no País é a certeza que ele vai ter um Refis e não vai ser preso”, desabafou à reportagem o diretor de fiscalização da Receita, Iágaro Martins.