Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Reforma administrativa na semana que vem?

Equipe BR Político

Como você tem acompanhado aqui no BRP, a reforma administrativa é prioridade para governo e Congresso após a aprovação da Previdência, que deve acontecer em segundo turno na terça-feira, 22, no Senado. De acordo com o que afirmou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a meta é iniciar até a próxima semana a discussão da reforma administrativa na Câmara.

Ele afirmou que pode aproveitar textos que já estão em tramitação na Casa para acelerar a reforma administrativa pretendida pelo Planalto. A estratégia, porém, não depende apenas de Maia, ainda depende do aval de lideranças e também da equipe econômica.

“Podemos utilizar um texto que não é do governo, se o governo não tiver nenhum tipo de constrangimento e vaidade em relação a isso, para que a gente já possa começar debate do mérito nas próximas semanas”, disse Maia após se reunir com o ministro da Economia, Paulo Guedes, na sede da pasta em Brasília.

Já a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que vai acelerar e criar outros “gatilhos” para conter o avanço de gastos, apelidada de “PEC emergencial”, deve começar pelo Senado Federal. Segundo Maia, essa proposta faz parte do chamado “Pacto Federativo” e, por isso, será votado primeiro pelos senadores. Apesar disso, ele afirmou que as duas casas trabalharão em conjunto no texto.