Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Reforma da Previdência de SP é aprovada em 1º turno

Equipe BR Político

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou em 1º turno, na noite de terça-feira, 18, a reforma da Previdência para os servidores paulistas. A proposta passou mais de dois meses paralisada por ordem do Tribunal de Justiça de São Paulo, até que ontem, foi liberada pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli. O texto ainda precisa ser aprovado em 2º turno. Servidores presentes na galeria da Alesp protestaram contra a proposta.

Foto: Sérgio Galdino/Alesp

Foram 57 votos favoráveis à proposta, o número mínimo necessário para que fosse aprovada na primeira votação. O projeto da reforma foi enviado pelo governador João Doria (PSDB). O Objetivo, segundo o texto, é de economizar R$ 32 bilhões em 10 anos.

Se aprovada em segundo turno, a reforma estadual fará com que a idade mínima para aposentadoria voluntária seja de 62 anos para mulheres e de 65 anos para homens. Já o tempo mínimo de contribuição passa de 35 para 25 anos de recolhimento. Outro ponto, criticado pelos servidores, é o do aumento da contribuição de 11% para 14%. Veja aqui outras mudanças.